1. Atenção aos prazos de cada reparo
-Quando falamos em reparos residenciais, o primeiro passo é ficar atento ao prazo de cada etapa. Para isso, você deverá saber exatamente o que precisa ser reparado no ambiente.

-Está pensando em trocar o piso ou instalar novas torneiras no banheiro? Coloque tudo no papel! Crie uma lista com todas as etapas do processo — da compra dos materiais, à estimativa de tempo que cada fase levará.

-Com essas informações, você terá mais facilidade para encontrar os produtos adequados, deixar o espaço pronto para o uso, otimizar o tempo e ainda fazer com que a família se programe para que a rotina de ninguém seja prejudicada.

2. Tenha cuidado com estruturas elétricas e hidráulicas
-Como todos nós sabemos, o nosso lar precisa de manutenção residencial constante — principalmente quando pensamos nas instalações hidráulicas e elétricas.

-A melhor saída é sempre estar atento a esses pontos, fazendo reparos preventivos para ter mais segurança e evitar problemas futuros com a fiação elétrica ou vazamentos nos canos, por exemplo.

-A sua atenção deverá ser redobrada caso a instalação seja antiga. Nesse caso, é recomendado fazer a troca de alguns itens com frequência, estar sempre de olho nos vazamentos. Além disso, é importante investir em reparos na descarga, nos interruptores e nos disjuntores.

Outro ponto importante é prestar atenção se as luzes da sua casa falham ou piscam com frequência. Em caso positivo, isso significa que está na hora de um novo ajuste.

3. Entenda a importância da impermeabilização
-Sem dúvida, as infiltrações são um dos principais incômodos que os moradores podem enfrentar, pois causam manchas nas paredes e prejuízos financeiros e estruturais na casa. Mas, saiba que muitos desses problemas podem ser evitados com a impermeabilização.

-Ela pode ser feita com gel acrílico ou com a aplicação da manta asfáltica. Em geral, a manta asfáltica possui durabilidade de até sete anos e pode ser usada em fachadas, coberturas, ralos, piscinas, paredes, degraus, entre outros locais. O recomendado é que o material seja o mais espesso possível para prolongar a sua durabilidade.

4. Pesquise bem os valores dos materiais
-A escolha dos materiais certos fará toda a diferença na sua manutenção residencial — seja ela de médio ou grande porte. Isso porque, optando pelos produtos adequados, você terá não somente um melhor resultado no reparo, como também mais durabilidade e segurança na obra.

-Uma boa dica para encontrar os melhores materiais com um preço justo, é fazer cotações em diferentes locais. Muitas pessoas, inclusive profissionais, costumam indicar produtos mais baratos, porém, de qualidade inferior e procedência duvidosa.

-Para não cair em armadilhas, pesquise muito bem antes de comprar. Pode ser na internet, pedindo indicações aos amigos ou visitando lojas especializadas.

5. Mantenha a pintura das paredes em dia
-Com o passar dos anos, a pintura das paredes não permanece a mesma. Isso acontece devido à ação do sol, da chuva e de outros fatores externos responsáveis por deixar a superfície desbotada, descascada ou manchada.

-Além de favorecer o visual estético, manter a pintura impecável também protege a casa contra rachaduras e, até mesmo, infiltrações. Portanto, escolha uma tinta de qualidade e que esteja dentro das normas brasileiras para ter um bom custo-benefício. Vai valer a pena!

Marcas

WhatsApp Chat
Enviar via WhatsApp